IoAiutoBra 1 livrar

Da 1988, o sutiã é geminado com Spreitenbach, uma cidade no cantão de Arargau da Confederação Suíça. Está localizado na 421 m. de altitude ao nível do mar e consiste em aproximadamente 9.000 habitantes (dos quais um terço de origem estrangeira) distribuídos em um território de 860 ha. ocupado por cerca de um terço por bosques. É definido como o "Manhattan" do cantão de Arargau para os arranha-céus característicos do noroeste que dominam uma aldeia antiga bem conservada e preservada. A cidade é cercada por florestas e dominada pelo exuberante monte de Heitersbarg.
As origens de Spreitenbach são muito antigas, já que achados arqueológicos mostram a presença de assentamentos urbanos já na idade da pedra. Seu nome, no entanto, aparece em registros públicos ao redor do 1124. O seu edifício mais antigo remonta a 1500, o "Chloster-Spycher" (claustro celeiro), que mostra com o seu nome uma clara sujeição ao Claustro de Wettimgen. As comunidades católica e protestante mantêm excelentes relações, tanto que a igreja protestante (construída em 1639) tem sido usada por ambas as comunidades paroquiais até 1904, período em que a Igreja Católica foi erguida.

O desenvolvimento urbano de Spreitenbach começou no pós-guerra, quando a intensa atividade econômica de Zurique levou a uma expansão da área industrial para países vizinhos também. Pensa-se que em 1960 a cidade contou com uma população de cerca de 2.000 habitantes, mais que quadruplicou quarenta anos depois. Hoje, é o lar do Shopping Center e do Tivoli, que juntos formam o maior shopping na Suíça para dar-lhe uma reputação de "paraíso para compras". Muito importante também é o porto de frete da Ferrovia Federal, que também é o maior do país e contribuiu bastante para o desenvolvimento industrial do país.