IoAiutoBra 1 livrar

Nascido em 1815, depois de estudar química e meteorologia em Turim, Federico Craveri foi um dos primeiros piemonteses a deixar sua terra natal para se aventurar na América. Uma vez no México, sua curiosidade o leva a viajar pelo país da América Central para descobrir sua geologia com especial atenção à cordilheira. A partir desse período, Craveri se lembrará dos ensinamentos das escolas agrícolas e da especialização em técnicas de mineração de prata, além da atribuição que lhe foi dada pelo governo mexicano para explorar a costa da Califórnia em busca de guano, para ser usada como fertilizante orgânico. Com aventuras reunidas em um "Travel Newspaper", em quatro anos Craveri conseguiu detectar algumas minas e tomou posse, em nome do México, de uma ilha inexplorada.

A enorme bagagem de experiência adquirida durante suas viagens foi acompanhada pela aquisição de coleções preciosas, que ele organizará na casa paterna de Bra ao retornar à Itália. Durante trinta anos, a atividade de Federico Craveri é absorvida por museus, com a cuidadosa catalogação do material trazido pelas Américas, incluindo uma preciosa coleção de aves no exterior. Nesta atividade, Craveri não se cansou de combinar essa disseminação e ensino, além de realizar estudos sobre meteorologia, química e enologia. Ele foi um dos fundadores ao lado de Quintino Sella do Italian Alpine Club. Ele morre no 1890