IoAiutoBra 1 livrar

No verão de Braidese, o compromisso com a ópera não poderia faltar. Assim, no sábado, 1 de agosto de 2020, nos jardins da vigia de Belvedere, o centro nervoso das muitas iniciativas de verão organizadas pelo município de Bra, será realizado o "Rigoletto", a famosa ópera de Verdi que, para a ocasião, terá uma adaptação particular dos Amigos da música de Savigliano. Na verdade, é um "extrato" da versão original, uma espécie de obra narrada que, por razões de espaço e distância, terá que prescindir da orquestra.

Baseado na peça de Victor Hugo "Le Roi s'amuse", o trabalho é centrado na figura dramática e original de um bobo da corte, Rigoletto. Foi inicialmente sujeito à censura austríaca. O mesmo destino ocorreu em 1832 ao drama original, bloqueado pela censura e proposto novamente apenas 50 anos após o primeiro. De fato, no drama de Hugo, a devassidão da corte francesa foi descrita em termos inequívocos, com no centro a libertação de Francisco I, rei da França. No trabalho, chegou-se a um acordo para que a ação fosse executada pela corte de Mântua, que na época não existia mais, transformando o rei da França no duque de Mântua.

Para tocar Rigoletto será o barítono Sergio Bologna. A soprano espanhola Lucia Escribano será Gilda, a menina cobiçada pelo duque de Mântua, encenada pelo tenor Angel Pazos; o baixo Giovanni Bartucci será o assassino Sparafucile, enquanto o mezzo-soprano Drechslerova Dagmar interpretará sua irmã Maddalena. A voz narrativa será a de Alfonso De Filippis.

O show começará às 21,30h8. O bilhete único custa 0172 euros. É necessário fazer reservas no escritório de turismo e eventos no 430185-XNUMX. Os ingressos podem ser coletados na mesma noite nos jardins Rocca. (Rb)

Info: City of Bra - Oficina de Turismo e eventos
Tel. 0172.430185 - turismo@comune.bra.cn.it