Despedido duas vezes sem licença, um motorista de Sanfré de sessenta anos foi informado pelos policiais municipais do Bra. Já nos últimos meses, a RN, foi detida por uma patrulha da polícia municipal da cidade de Zizzola, descobrindo que estava dirigindo apesar da suspensão da licença, impondo assim o encerramento administrativo do veículo. Para evitar a aplicação da sanção, o homem também tentou subornar os funcionários públicos, pedindo "fechar a vista". Essa afirmação que lhe custou a remessa em um estado de liberdade para o Procurador da República de Asti.

carro de polícia municipal

Em seguida, a Prefeitura de Cuneo emitiu uma disposição revogando o documento de condução, notificada apenas nos últimos dias. No início da manhã de hoje, quinta-feira 17 April 2014, uma patrulha da polícia municipal em Brač, no entanto, notou novamente o homem que dirigia seu Volkswagen Golf. Depois de detê-lo em Viale Risorgimento, os agentes passaram a sujeitar o veículo à detenção administrativa novamente. O fato de ele dirigir, apesar da revogação da licença, custou à RN a remessa em um estado de liberdade para o Procurador da República de Asti pelo crime de condução sem licença. (Polícia Municipal de Sutiã)