IoAiutoBra 1 livrar
A partir do sábado 17 novembro 2007, entre os 17 e 19, os ingressos para a primeira opereta da temporada estarão à venda na bilheteria do Teatro Politeama di Bra. É "Eva - La bella Cinderella", o programa que estreará na estréia nacional na encenação da empresa de Corrado Abbati, tirada de um livreto de Willner e Bodanzky, antes de sua participação no festival internacional de opereta. Os ingressos custam vinte euros, dezesseis reduzidos para menores de dezesseis anos com mais de sessenta e cinco titulares de bilhete de temporada de Alba, Cuneo, Fossano, Mondovì, Savigliano e a associação + eventos) e podem ser reservados via e-mail (em info@teatropoliteamabra.it) ou por telefone para 0172.430185 e recolhidos no 20: 45 no teatro na noite do show. A história. Eva é uma jovem trabalhadora que trabalha na vidraça de Montailleux na Bélgica e é a "mascote" da equipe. Eve foi abandonada e o bom Larousse, um trabalhador, adotou-a e não perdeu seu amor. No dia do seu vigésimo aniversário, Eva conhece o novo dono da vidraça, Ottavio Flaubert: bonito, rico, grande viveur. Eva fica impressionada com isso: o mundo de Ottavio, com seus amigos felizes e despreocupados, lembra-lhe o teatro que a atrai tanto. Eva, mesmo que não conheça, é filha de um famoso cantor. Entre os amigos de Ottavio Dagoberto se destaca, um cavalheiro engraçado, apaixonado por Gipsy, pequena mulher de escrúpulos que procura em casamento com Dagobert um arranjo silencioso e final. Ela é convidada por Ottavio para sua casa, ele a cortejou, a encanta, a seduz, mas os trabalhadores chegam, liderados pelo papa Larousse, decididos a defender sua honra. O jovem, vendo-se em dificuldade, anuncia que Eva será sua noiva, mas, assim que os trabalhadores tiverem saído, ela sorri divertida. Era apenas ficção. Eva está desesperada: Ottavio se divertiu com ela. Para Eve, outro abandono é demais, foge! Solitário, desanimado e desapontado, encontra Gipsy e Dagobert em Paris. Eles irão ajudá-los explorando o talento que Eva herdou de sua mãe. Dois anos passam, Eva é uma cantora famosa e trabalha com Gipsy. Uma noite, durante um show, Eva e Ottavio se encontram. Eva mudou: ela não é mais a menina ingênua e sonhadora que Ottavio conheceu em Bruxelas, mas ela é uma mulher certa e afirmada. A lisonja de Ottavio já não viola seu coração ou então ele acredita. Na verdade, apesar de ele, Eve diz que está noiva de um duque. Ottavio sente falta. Ele é sincero: ele sempre amou Eva ... então a verdade, Eva ama e ama apenas ele: a felicidade não é mais uma quimera. Dirigido e adaptado por Corrado Abbati. Cenas de Alfredo Troisi. Coreografia de Giada Bardelli e direção musical Marco Fiorini. (Rg)