IoAiutoBra 1 livrar
Para a Itália, a Guerra de Libertação permitiu a expulsão dos invasores para fora do país, e a reconquista da liberdade que foi perdido devido a um regime autoritário e antidemocrático, há mais de vinte anos. A conferência em Bra, quinta abril 20 2006 de 21, na sala de conferências do Multipurpose "Arpino", vai lembrar os momentos de nossa história, focando em particular os lugares que foram palco daqueles dias épicos. Durante a noite, com a presença do prefeito Camillo Scimone eo comissário para as relações com as associações de veteranos e arma, Claudio Lacertosa, que apresentarão os alto-falantes de reunião, incluindo o pesquisador Adriana Muncinelli, colaborador do Instituto de resistência histórica Cuneo e curador da série "os caminhos da liberdade", e Maria Airaudo, levando seu testemunho como um representante dos municípios para o desenvolvimento do património da Resistência. Concluirá o Professor noite Bruno Maida, pesquisador do Departamento de História da Universidade de Turim, com uma intervenção especial valor histórico. A entrada é gratuita. As medidas previstas para a celebração do 25 abril vai concluir na manhã de terça-feira abril 25 2006, o sexagésimo primeiro aniversário da libertação. O primeiro será realizado no 8 manhã com a colocação de coroas de flores nos diferentes marcos dos Derrotados será seguido, em 9: 45 ampla resistência, em frente ao centro de multiuso cultural "Giovanni Arpino", a cerimônia de hasteamento da bandeira e ritual a celebração de uma missa no acampamento. Logo depois, uma leitura das reflexões do presidente dos Combatentes e Veteranos de Rodolfo Gaia, pelos estudantes de escolas Bra, seguido por um lembrete do de Bra caído do período da Guerra de Libertação e a recitação de um poema em piemontês editada por Dino Burdese . Depois de concluído este tempo, uma procissão liderada por as notas da banda da cidade "Giuseppe Verdi" irão para Memorial Praça da Liberdade, onde, em frente ao Palácio Municipal, será depositaram coroas de flores em memória dos caídos e será realizada a oração oficial da parte do prefeito Bra Camillo Scimone, e pelo representante das associações partidárias da cidade. O programa de eventos foi organizada em colaboração entre a Câmara Municipal de Bra, Comissão dos Cidadãos para a afirmação dos valores 27 25 janeiro e abril e do Instituto Histórico da Resistência da Província de Cuneo. (Va)