Home News

Viabilidade, meio ambiente, viabilidade de centros urbanos, interesses econômicos a serem protegidos. Estas são as questões que a administração municipal da Bra pretende abordar em uma série de reuniões com o objetivo de melhor definir áreas de intervenção, prioridades e adequação de soluções que visem melhorar a sustentabilidade ambiental das escolhas que serão feitas nos próximos meses.

Intensa atividade, do ponto de vista operacional, a dos agentes traiçoeiros do Comando da Polícia Municipal nos últimos dias. Abaixo estão alguns dos fatos mais importantes.

Acidente de estrada severo

O 18 de fevereiro 21 passou recentemente, quando em Don Orione, perto da encruzilhada com a rua Bria, o cruzeiro DG pedestre atravessou a estrada foi investido pela Toyota Yaris liderada pelo PI, deixando-o alguns metros em para a frente. Chegada imediata da ambulância da 118 e da Patrulha da Polícia Municipal do Sutiã. O infeliz foi imediatamente transportado para o hospital Santo Spirito, onde ele ainda está hospitalizado em seu prognóstico.
Nas circunstâncias exatas do incidente, as investigações em curso pela Polícia Municipal do Sutiã. O fato, conforme previsto pela legislação em vigor, foi reportado ao Ministério Público no Tribunal de Alba, que ordenou a apreensão de Yaris.

Reunião decisiva nesta manhã, segunda-feira, 21, em fevereiro, 2005, no Salão Salão Hall, que lançou as bases para a assinatura de um Memorando de Entendimento que abrange uma seção da linha ferroviária Bra-Alba. O projeto prevê que isso possa ocorrer desde a ponte da via Cuneo até a rotunda da via Adua, por um comprimento de cerca de 450 metros, o que permitirá a realização de mais de 300 estacionamentos, juntamente com a oportunidade de expandir a via via Vittorio Veneto.
Durante a reunião, o vice-presidente da região do Piemonte, William Casoni, anunciou que a administração de Turim suportará o fardo de financiar cerca de metade da construção do trabalho, cujo custo total será de cerca de três milhões euro. A parte restante será suportada pelo município de Bra, que solicitará uma intervenção à Província de Cuneo para cobrir parte das despesas.

No final de um primeiro período de rodízio, durante o qual a intenção educativa assumiu a pena de punição, os membros da Comissão de Polícia Municipal da Cidade de Bra começarão a derrubar comportamentos irregulares em conformidade com as ordenanças que regem o novo Serviço de coleta de lixo na cidade, com o sistema "porta a porta". A decisão surgiu durante uma reunião que ocorreu na prefeitura na noite de quinta-feira, 21 2005 na segunda-feira, e envolveu conselheiros municipais no meio ambiente, Giovanni Marco Gallo e Polícia urbana, Gian Carlo Balestra. A reunião contou com a presença do Prefeito da Polícia Municipal de Tranças, do Dr. Mauro Taba e dos líderes dos setores envolvidos.

Ele será discutido segunda-feira fevereiro 28 2005 o orçamento para o ano em curso da cidade de Bra. Ele informou estes dias com os mais altos membros da Reunião Geral, o presidente da Câmara Municipal, Gian Massimo Vuerich, que se reuniu para o último dia do mês, em 16, a reunião na sala de conferências do centro cultural multifuncional "Giovanni Arpino".
Entre os outros pontos em discussão, algumas resoluções de urbanismo, além do plano trienal de obras públicas, fazem parte da manobra econômica preparada pelo Jury Scimon.