A satisfação de Sat com o fechamento da história da possível construção de uma grande planta de biogás na planície entre a cidade de Zizzola e Cherasco. "Com a localização da planta perto dos locais de produção de lamas para serem utilizados na produção de biogás, acredito que respondemos às preocupações e preocupações que afetaram nossa cidade" - declarou o prefeito Bruna Sibille - "Nossa A atitude certamente não é um fechamento para uma tecnologia que permita a reutilização de recursos, mas sempre fomos convencidos de que isso deve ser acompanhado de uma sustentabilidade ambiental das plantas, com o primeiro impacto que deve derivar da não utilização do solo e da produção a agricultura para implementar as águas residuais e, acima de tudo, uma localização próxima dos locais de produção, o que não agravou uma situação já difícil ao longo da Bra-Cherasco provincial, como também surgiu do estudo que nossa administração encomendou ao Politécnico de Turim ". (Rg)