Estradas tornadas escorregadias da chuva e da neve, pouca atenção à condução. Estas são as desvantagens observadas nos últimos dias em Bra por agentes da delegacia de polícia municipal local, intervindo para detectar alguns acidentes de carro no território municipal. Uma colisão viu três carros envolvidos. Em Borgo San Martino, o Fiat Bravo conduzido pela SL, com vinte anos de Bra, o Mercedes C220 conduzido pela AE, um residente de Bra de vinte anos e o Citroën Picasso administrado pela AMC, residente libanesa de Bragança, de cinquenta anos. O motorista do Bravo foi levado para a sala de emergência do hospital Santo Spirito, onde foi julgada recuperável em uma semana. Imediatamente no local, a patrulha policial da polícia municipal Bra chegou imediatamente para realizar as pesquisas e verificar as responsabilidades. Na Via GB Gandino, o Peugeot 607 liderado pela GO, cinquenta anos de Brau, entrou em choque e o Opel Astra liderou pela OM, um residente albanês de quarenta anos de Bra. Os dois motoristas, felizmente ilesos, incapazes de concordar, solicitaram a intervenção de uma patrulha da polícia municipal no centro de operações na via Moffa di Lisio. Finalmente, em Corso Garibaldi, em vez disso, o Peugeot 106 liderado por NE, quarenta anos de Brescia e o caminhão Iveco liderado por YK, um residente chinês de trinta anos de Naróle, entrou em confronto. Nenhuma das lesões relatadas relatadas. O acidente foi detectado por uma patrulha da polícia municipal na área. (fonte: Bra Municipal Police)